2022-05-21 – Reportagem do Motoconvívio do Motoclube São João da Pesqueira

Motoconvívio do Motoclube de São João da Pesqueira

21 de Maio de 2022

Simplicidade é a palavra que sobressai deste dia de festa na calma e pacata vila de São João da Pesqueira. Tão calma e pacata que, a partir de uma certa hora, o silêncio cai sobre a vila e sente-se que estamos em plena Natureza.

Rodeada de paisagens extasiantes, vinhedos que vão preguiçosamente produzindo o delicioso néctar de Baco e o rio Douro sempre de “guarda”, esta é daqueles locais que convida a passar uns dias relaxantes e nem o facto da Nacional 222 passar ao meio da vila, serve para lhe tirar esta aura de beleza e sossego.

Há muito para descobrir aqui. Além dos vários miradouros, temos o Museu do Vinho – que tive o gosto de conhecer – e algumas adegas que vão produzindo o que as uvas dão de melhor. Também tive o gosto de conhecer uma delas; a Quinta dos Nogueirões onde fiquei a conhecer dois dos vários vinhos de eleição ali produzidos, a história desta casa e, claro, fiz as “obrigatórias” provas. Foram umas horas bem passadas na companhia do Hélder Monteiro a quem agradeço desde já a atenção e, quem sabe, um destes anos não estarei lá a pisar as uvas.

Voltando ao resumo, é aqui que o Motoclube de São João da Pesqueira (MSJP) nasceu por vontade de meia dúzia de apaixonados pelas motas e pelo gosto de bem receber. Este ano, tiveram a oportunidade de provarem que sabem organizar uma Festa Motociclista e, acreditem que conseguiram bem receber e bem tratar quem ali esteve e que não teve medo das previsões “catastróficas” de chuva e trovoada. Previsões que não se confirmaram.

A aposta não foi muito alta e foi apenas de um dia de festa, no entanto, acredito que se fossem os “normais” dois dias, teria tudo corrido bem na mesma.

Sem pretensões de grandeza, sem exageros e com um único objectivo; agradar a quem ali esteve e deixar vontade de regressar no ano seguinte! Em resumo, simpatia e humildade.

A festa decorreu no Parque da Mata do Cabo. Local que, só pelo espaço de acampamento, já merece ser visitado. Espaço outdoor para a festa e com as refeições numa escola profissional a meia centena de metros dali. Por falar em refeições, desde a feijoada até ao frango no forno ou lombo assado, estava tudo ótimo e servido com simpatia.

O início da festa trouxe uma pequena cerimónia de inauguração da sede do MSJP pelo edil local – Dr. Manuel Cordeiro – e pelo pároco local. Como curiosidade, ao fim da tarde, o presidente da camara “despiu” o fato de cerimónia e envergou o colete do MSJP – do qual é sócio como motociclista que é – e ali ficou a disfrutar da festa.

Casa praticamente cheia para uma tarde que trouxe o nosso vizinho Humberto Ribeiro num eletrizante show de Freestyle e nem a ameaça eminente de chuva fez com que a coisa fosse mais calma!

Á noite, tivemos a Banda Time e os Red Rocks Band onde só faltou o publico mais próximo do palco. Pelo meio, a entrega de lembranças, a aposição de dorsais aos novos sócios e o sempre belo show de strip tease de Brutuus Eventos.

No final, a Equipa estava cansada, mas via-se nos olhos de todos a satisfação do dever cumprido. Se falhas houve, não as notámos e recolhemos várias opiniões nesse sentido. Foi constante a preocupação de todos com o bem estar dos presentes, acreditem!

Resta-me terminar dando os parabéns á Organização pela simplicidade, humildade e cuidado posto nesta festa e em todos os que a visitaram!

Venha a próxima!

Pela minha parte, agradeço o convite para animar e reportar esta festa assim como pelas condições a todos os elementos – sem excepção – da Equipa e em especial ao Bruno Amaro e á Nadine.

Texto, fotos e vídeos CLICA AQUI PARA VERES

Raul Gomes

Motard FM 2022

Parcerias

  • Partilhar

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on print
    Imprimir

    O nosso website utiliza cookies para melhorar a tua experiência