INSTALA A APP

2024-03-02 – Reportagem da 30ª Concentração Invernal Moto Clube da Covilhã Lobos da Neve

30ª Concentração Invernal Moto Clube da Covilhã Lobos da Neve

1 a 3 de Março – Tortosendo, Covilhã

Orgulho-me de já contar com mais de 20 presenças nesta festa dos Lobos e, ano após ano, tenho vivido momentos de todos os tipos, visto momentos bons e outros menos bons, conhecido motociclistas de todos os pontos do país e da Europa, apanhado calor, frio, chuva, vento e visto a neve quase a cair. O que tem sido constante é o crescimento e o apurar desta Família. Esta Família tem tido a capacidade de perceber e emendar as – sempre normais mas pouco frequentes – falhas, o objectivo de dar a todos o melhor fim de semana possível e o gosto de receber e ver a casa cheia. Foi isto que mais uma vez aconteceu!

O S. Pedro não deu tréguas e trouxe vento, chuva e muito frio. Trouxe até a neve na encosta da Serra da Estrela mas, infelizmente, ali ao campismo de Tortosendo não chegou. Isso seria ouro sobre azul… de qualquer maneira, este ano tivemos mais condições e espaços de abrigo. A enorme tenda principal, a tenda secundária com mesas e bancos e o novo espaço de refeições no antigo café/restaurante á entrada do parque de campismo, serviram para nos proteger da chuva, vento e frio. O único senão, algum tempo de espera nas inevitáveis filas para as refeições. Por outro lado, estivemos muito mais resguardados que em anos anteriores e as condições da cozinha foram indiscutivelmente melhores. No caso das filas, conhecendo os Lobos como eu conheço, para o ano será um “não problema”!

É bastante notória a excelente relação da Direcção do Moto Clube da Covilhã com o município da Covilhã e com a junta de freguesia de Tortosendo e, claro, o apoio é reciproco. Os Lobos fazem inúmeras actividades durante todo o ano, como é óbvio e acabam por contribuir para trazer visitantes a esta região.

Este ano, como devem ter percebido, esta festa foi para “duros”. Aqueles que, ano após ano, fazem dela a primeira do ano e que aproveitam para rever os amigos que já não viam desde o ano anterior. O ambiente, continua a ser fantástico. A comida, a tradicional de sempre e a animação, a habitual. Motociclistas de Norte a Sul e de nascente a poente marcaram presença.

Este ano foi inaugurada uma escultura junto ao recinto que vai acabar por ser um ponto de atração mototuristica até porque, fica á beira da EN18 que – para quem não sabe – é a segunda maior estrada de Portugal (388 km) e liga a cidade da Guarda á cidade de Ervidel (Alentejo). Vejam as fotos e passem por lá.

Dos espetáculos, na sexta feira, um novo – e espaçoso – local, viu um grande show de freestyle com o Humberto Ribeiro. A chuva não deu tréguas mas mesmo assim, ele esteve, como sempre, á altura! No palco, os “vizinhos” H2O tocaram bem e fizeram mexer a “casa”. A mesma reacção veio com os Made In. Duas boas apostas para aquecer a noite! E, claro, os shows eróticos! No sábado, enquanto a chuva aí caindo, tivemos uma tarde de completa loucura na tenda secundária e que, durou até ao jantar. Nem durante a tarde nem á noite, consegui assistir aos shows de freestyle com o Paulo Martinho. Sei que foram, como sempre, espectaculares e bem participados.

No palco principal, tivemos uma banda que era suposto tocar durante a tarde mas, ainda bem que não tocou. Os Allamedah tocam rock a roçar o metal mas com influências que vão até, quase, á música árabe. Uma voz fantástica, músicos bastante competentes e só foi pena o público ainda não conhecer a sonoridade destes jovens. Bom concerto e a repetir em breve.

A tenda estava já completamente cheia quando se fez a entrega de prémios do bike show que, apesar da chuva, foi bem participado. E chegou o ponto alto da noite. O concerto dos Hybrid Theory. Não me vou alongar em considerações mas, apenas digo isto; se fechássemos os olhos, ouvíamos os Linkin Park. Grande concerto até para quem não é apreciador dos LP. A noite fechou com strip tease e mais um espectacular set com o DJ DAS.

Amigos, convívio, grande ambiente e um fim de semana muito bem passado na “casa” dos Lobos da Neve. Passou rápido demais e já contamos os dias para o primeiro fim de semana de Março de 2025 se tudo correr bem!

Obrigado á Organização pelo convite e confiança no meu humilde trabalho. Obrigado á super profissional equipa de som. Obrigado ao João pela hospitalidade e, obrigado ao Jorge Jacinto e Sandra pela ajuda nas fotos e pela companhia.

Texto

Raul Gomes

Motard FM 2024

Parcerias

Lusomotos

Publicidade

Partilhar

Facebook
Email
Imprimir

O nosso website utiliza cookies para melhorar a tua experiência