Reportagem da 22ª Concentração Moto Clube Oiãcelera – 13 a 15 de Maio 2022, Oiã – Oliveira do Bairro

CLICA NA IMAGEM PARA VERES TODAS AS FOTOS (VAI ABRIR UMA NOVA JANELA)

22ª Concentração Moto Clube Oiãcelera – 13 a 15 de Maio, Oiã – Oliveira do Bairro

Quando pensamos em Legados, chegamos á conclusão que é algo muito sério e que custou anos de trabalho para construir. Também pensamos que é algo que não pode desaparecer de um dia para o outro haja o que houver e que nem sempre é fácil de manter mesmo contra as várias vicissitudes da Vida.
Ora, neste fim de semana em Oiã, confirmei que tudo o que escrevi acima, bateu certo. O Legado criado pelas antigas Direções do Oiãcelera custou a criar, não desapareceu e manteve-se!
Esta Equipa teve a difícil tarefa de manter os padrões de qualidade desta festa mesmo com os revezes do falecimento do saudoso e eterno Presidente Mário e da pandemia. O que é certo é que conseguiu e isso é de louvar. Os amigos não faltaram á festa e vieram á memória os tempos antigos. Houve expectativa, houve receios, mas houve esperança e a festa correu pelo melhor.
Simples, sem desnecessárias grandezas, acolhedora, familiar e com – como sempre – excelentes refeições.
De salientar o enorme trabalho na renovação a 99% do espaço da sede feito em plena pandemia mas que ficou uma maravilha e ainda com mais condições para nos receber.
Quanto á festa em si, não me vou alongar muito, mas, na sexta e já com muitas presenças, um ótimo ambiente e um jantar de grelhadas mistas, tivemos a actuação dos Agarra Qué Ladrão. Boas músicas e boa resposta dos presentes.
No sábado depois do almoço com uma saborosa jardineira, a tarde foi animada com o DJ Fiasko para um recinto cheio em que a barraca das “louras” esteve sempre muito concorrida. Foi muito bom rever caras amigas após um longo período de distanciamento e notava-se na alegria dos reencontros. Durante a tarde, não faltaram os saborosos cricos (berbigão) feitos na chapa nem as bifanas. Depois do jantar de rojões, a noite trouxe os sempre fantásticos Banda Tempo. Músicas daqueles tempos em que a maioria dos presentes não tinha cabelos brancos e outros, que ainda tinham cabelos… tivemos ainda a entrega de lembranças a mais de meia centena de Grupos representados.
No domingo, estava agendado o tradicional passeio pelo concelho, mas, infelizmente, recebemos a triste noticia do trágico acidente que vitimou um dos sócios do Motoclube e como tal, a Organização optou por não realizar.
O almoço trouxe o tradicional e delicioso leitão á Bairrada que agradou a todos.
A festa teve, assim, um sabor agridoce. Se por um lado a Organização estava satisfeita por ter visto excedidas as melhores previsões com tudo a correr bem e as inscrições a passarem as duas centenas, por outro, a sensação de perda imperava. Obviamente que sentimos todos a ausência física do eterno Presidente Mário Soares que partiu em 2020 mas, acredito que “lá em cima” ele estava de coração cheio ao ver que o Legado que deixou, ficou em boas mãos!
Resta-me dar os parabéns sinceros a toda esta incansável Equipa que, se falhou com algo, não
se notou e, em meu nome, agradecer a atenção e o convite de voltar a animar esta Festa em mais um ano. E… obrigado por manterem este Legado!
Muito obrigado á Equipa de som por toda a atenção e cuidado com o meu trabalho e a todos os Amigos que ali estiveram por me terem dado o gosto de os rever!

Texto e fotos por

Raul Gomes / Motard FM 2022

Parcerias

  • Partilhar

    Share on facebook
    Facebook
    Share on email
    Email
    Share on print
    Imprimir

    O nosso website utiliza cookies para melhorar a tua experiência